Curso Básico de Escalada

O Curso Básico de Escalada (CBE) consiste na capacitação do aluno em ser um participante de escalada, ensinando as técnicas básicas necessárias para que o praticante possa escalar com segurança, conhecimento e ética.

Calendário:
8 aulas, das quais 8 são práticas e ocorrem aos finais de semana, enquanto que 10 são teóricas e acontecem durante a semana na sede do clube, no horário da noite (19:00 às 21:30).

Investimento: O curso tem as seguintes opções

1 – R$ 1.100,00 com o empréstimo de material;
2 – R$ 990,00 sem o empréstimo do material;
3 – R$ 900,00 com empréstimo de material para quem já é associado do clube.

Início: 28/02/2023
Término previsto em 30/04/2023

Maiores informações na página do Curso: 

Conquista do Pr. Inoã

RELATO DA CONQUISTA DA VIA PAREDÃO INOÂ – MARICÁ

 

Conquistar uma via no Monumento Natural Pedra de Inoã tem as suas dificuldades e recompensas. Por ter suas paredes irregulares, com muitas fendas, diedros, platôs, trechos negativos e muita vegetação, é difícil escolher uma linha. E foi durante a conquista da via Bernardo Collares Arantes, em meados de 2020, que surgiu o desafio de tentar conquistar uma via que atravessasse a maior extensão da parede voltada para Inoã, aquela que damos “de cara” quando chegamos em Maricá descendo a serrinha pela RJ vindo de Niterói.

Foto 1: Face noroeste do Monumento Natural Pedra de Inoã

 

Primeira dificuldade encontrada: não há trilha para a base! Foram três investidas de abertura de trilha, em junho de 2020, para se chegar na base, bem bonita por sinal. Só nesta etapa já temos muita história pra contar: espinhos, mosquitos, cobras, queda de bloco com pé preso… Se eu pudesse dar nome a esta trilha, a chamaria de “Trilha do Cipó”.

Ainda em junho, fomos eu, Michel Cipolatti, com Juratan Câmara e Zoé Caveari na primeira investida de parede. Conquistamos cerca de 90 metros de via, que variam entre 3° e 4° graus. Foram instaladas sete chapeletas Pingo e utilizadas três proteções móveis, já no 2° esticão.

Foto 2: Juratan Câmara na trilha

 

No mês seguinte, conquistamos mais 60 metros de via, com a instalação de quatro chapeletas e um móvel, passando por uma barriga que sugerimos ser um 5° grau.

Na terceira investida, já em outubro de 2020, conquistamos mais cerca de 60 metros de via passando por um diedro com boas colocações de proteções móveis. Foram instaladas três chapeletas na ascensão e mais uma durante o rapel para reduzir a exposição de um lance que ficou “meio perrengue”.

Foto 3: Zoé Caveari escalando, vista da terceira parada dupla

 

Neste trecho, a via se aproxima de uma “florestinha”, que fica no alto da parede, e ao redor, é repleta de bromélias. Na investida de novembro, com mais 60 metros de via e alguns lances em aderência, chegamos na misteriosa florestinha. Ela fica a cerca de 270 metros da base e tem árvores de grande porte. Impressionante!!!

Para acessar a primeira árvore, que serve de ancoragem e ponto de rapel até a parada dupla (foto 4), foi necessário aprimorar a técnica de “transposição de bromélias”, tentando não machucar a planta e não molhar os pés. Tentamos ao máximo contornar a vegetação, mas chegou uma hora que não conseguimos mais.

O ano de 2020 se foi e o projeto ficou adormecido por mais de um ano. Durante uma conversa com Leandro do Carmo e Luiz Avellar, numa reunião social no CNM, decidimos dar andamento à conquista. Quando contei a história do que já estava conquistado, eles caíram na armadilha. kkkk

Combinamos de ir no dia 16 de janeiro de 2022. Isso mesmo, no verão! Escalamos o trecho conquistado e chegamos na florestinha exaustos. O objetivo era explorar em busca de uma nova base para dar sequência à via, que ganhou uma trilha no meio da parede. Não é só bater grampo que dá trabalho não. Abrir trilha também tem suas dificuldades: escolher o caminho, levando em conta a direção desejada e os obstáculos pela frente, como espinhos e cipós. Sem contar os marimbondos que nos atacaram.

Foto 4: Michel Cipolatti, Leandro do Carmo e Luis Avellar na “florestinha”

 

Foi o maior perrengue. Para cima tem um grande buraco, com um teto que se vê da estrada, parecendo um olho. Tentei pela direita, mas achamos uma base de uma linha aparentemente muito difícil de conquistar em livre. Luis decidiu tentar pela esquerda e encontrou outra base, numa linha menos vertical. Batemos duas chapeletas até chegar em uma barriga e as forças acabaram. Rapel.

Tentamos combinar a próxima investida, mas perdemos algumas datas por causa das chuvas ou por outros compromissos, então tentei uma investida em solitário. Chegando mais uma vez na florestinha exausto, e dessa vez com câimbras, bati apenas uma chapeleta e a barriga estava muito difícil, o que causou a impressão de não ser uma boa linha, além de haver muita vegetação logo acima. Cheguei também à conclusão de que não dava para ir sozinho.

Combinamos eu e o Luis uma investida no dia 11 de dezembro de 2022. Entramos na trilha às 5:30, subimos na intenção de terminar a via e descer por trilha.

Foto 5: Luis Avellar escalando

 

Escalamos rápido e às 9:15 já estávamos na florestinha, possível P6. Mais uma vez, ficamos incomodados com a base encontrada naquela investida, e resolvemos explorar mais para a esquerda. Fomos por caminhos diferentes e chegamos juntos a uma outra base, desta vez na direção do “blocão” do Mirante que tem no cume. Perfeito! Era a minha intenção terminar a via lá, por já ter trilha de descida e por desconfiar de que encontraríamos uma chaminé, o que deixaria a via mais “completa”.

Abandonamos então as três últimas chapeletas e partimos para essa nova linha. Parecia ser fácil, mas deu trabalho, com muito regletinho e sem descanso. Sugerimos outro quinto grau pela sequência. Batidas quatro chapeletas, a via vai um pouco mais para a esquerda e vai ficando mais fácil até chegar no blocão após passar por mais bromélias. Que lugar lindo! Sombra, um banquinho de pedra e uma caverninha. Perfeito para o descanso e para apreciar a paisagem. Já foram 50 metros de via conquistados nesta data. Para cima um grande negativo. Então, ao contornar pela esquerda, mais uma surpresa: uma fenda maravilhosa para ser escalada “em chaminé”.

Foto 6: Michel Cipolatti conquistando a chaminé

 

A chaminé assusta, por ter blocos entalados que podem cair. Recomenda-se o participante fazer a segurança de fora da chaminé, preso em uma árvore, enquanto o guia avança por dentro da chaminé por cerca de 20 metros, com duas colocações de móveis, até encontrar uma boa saída, parecendo uma janela. A chaminé continua, mais estreita, mas a janela foi mais convidativa, onde preferi sair e instalar a última parada dupla da via.

Durante a subida, o Luis derrubou alguns blocos que estavam entalados na chaminé mas estavam soltos. Só não contava que ia soltar um monte de terra junto e ele ficou “empanado” de sujeira. A partir dali, a via vira uma escalaminhada de uns 50 metros com algumas bromélias no caminho até chegar no mirante. Chegamos no cume às 15 horas, exaustos e quase sem água, mas com o alívio de termos conseguido completar o desafio.

Foto 7: Michel Cipolatti e Luis Avellar no final da via

 

Descemos pela trilha, que é bem íngreme, leva cerca de 1 hora e meia descendo, e termina na estrada, porém, do outro lado da montanha. O resultado é uma nova via com uma grande diversidade de técnicas, como a escalada em agarras, em aderência, chaminé e o uso de equipamentos móveis. Fica, agora, a recompensa de entregar aos escaladores, no dia 11 de dezembro de 2022, mais uma bela e exigente via, toda conquistada em livre, e digna de receber o nome de “Paredão Inoã”.

 

Para acessar o croqui

Curso de Reciclagem de Escalada

O curso tem como finalidade revisar os procedimentos de segurança técnicos de escalada aplicados dentro do Curso Básico de Montanhismo – CBM ou Curso Básico de Escalada – CBE, tendo como público alvo os ex-alunos do CBM ou CBE que estejam afastados da escalada ou que se sintam inseguros com os procedimentos.

O objetivo é permitir aos alunos que se sintam seguros com os procedimentos de segurança de forma a minimizar o risco da atividade.

Duração: Total 5 aulas, sendo 2 na sede e 3 ao ar livre.

Turma limitada a 4 alunos.

Investimento do curso: R$ 300,00

Inscrições até 19/jan através do link do inscrição

Calendário: Previsão de início e término: 1/fev a 12/fev.

Treinamento para Condução de Julietti

TREINAMENTO PARA CONDUÇÃO DE JULIETTI

Programa de curso
Objetivo: Treinar pessoas para conduzir indivíduos que tenham deficiência motora e/ou mobilidade reduzida, em trilhas, na cadeira de acessibilidade Julietti. As pessoas que tiveram 100% de rendimento no curso receberão certificado e estarão habilitadas a participarem de atividades com a Juleitti no âmbito do Ecotur Sem Barreiras.

Vagas: 12 vagas
DURAÇÃO: 10h

Aulas teóricas: Dias 24 e 25 de janeiro de 2023
Horário: das 19h às 22h30 (com 30 min de pausa para coffee break) –
Local: Sede do CNM (Rua Martins Torres, 18, Santa Rosa – Niterói)

Aula prática: Dia 28 de janeiro de 2023
Horário: das 08h às 12h30
Local: Parque da Cidade – Niterói

PROGRAMAÇÃO

  • DIA 01
    • Das 19h às 19h40 – Apresentação do CNM e do Projeto Montanha para Todos
    • Das 19h40h – 20h30 – Trilhas acessíveis: “Como avaliar a acessibilidade de uma trilha?”
    • Das 20h30 – 21h – Coffee break.
    • Das 21h00 – 22h30
      • Acessibilidade e tipos de deficiência
      • Técnicas de transferência de PCD para cadeira Juleitti
      • Ficha de elegibilidade
  • DIA 02
    • Das 19h – 20h30 – Conhecimentos básicos de caminhada em trilha
    • Das 20h30 – 21h – Coffee break
    • Das 21h00 – 22h30 – A cadeira Julietti, sua montagem e condução
  • DIA 03
    • 08h – 12h30 – Prática de condução

INSCRIÇÃO: Link de Inscrição

Caso o número de inscritos sejam superior ao número de vagas, as inscrições excedentes ficarão em fila de espera.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA A SER REALIZADA EM 28 DE NOVEMBRO DE 2022

Ficam os associados do CLUBE NITEROIENSE DE MONTANHISMO – CNM convocados a comparecerem à Assembleia Geral Ordinária, nos termos do CAPÍTULO III DOS PODERES – SEÇÃO I  DAS ASSEMBLÉIAS ORDINÁRIAS, do estatuto vigente, em primeira convocação, no dia 28 de novembro de 2022, às 20h, no seguinte endereço: Rua Martins Torres, 18, Santa Rosa, Niterói, com o objetivo de deliberar sobre a eleição dos membros dos cargos de presidente, vice-presidente, tesoureiro e diretor técnico, para o biênio 2023/2024 e também a eleição dos membros do Conselho Fiscal e respectivo suplente para o biênio 2023/2024.

As chapas formadas devem respeitar o disposto no art. 21 do estatuto vigente, devendo serem registradas por escrito através do e-mail do clube cnm@niteroiense.org.br com antecedência mínima de 1 (um) mês do dia marcado para a Assembleia Geral de Eleição.

Atenciosamente,

Stephanie Maia

Presidente

MATRÍCULAS ABERTAS PARA O CBM 2022!

Estamos com as matrículas abertas para CBM 2022!!!!

Garanta já a sua vaga!

Curso Básico de Montanhismo

O Curso:

O CNM oferece o Curso Básico de Montanhismo (CBM) que consiste na capacitação do aluno em conhecer e saber aplicar práticas e procedimentos básicos de montanhismo (trilha, escalada, rapel, acampamento, planejamento de atividades etc…), através do ensino de técnicas básicas para que o praticante possa realizar a pratica do montanhismo com segurança, conhecimento e ética.

As aulas irão abranger os seguintes tópicos: História do montanhismo, Ética na montanha; Mínimo Impacto, Prevenção de acidentes; Animais peçonhentos; Orientação; Meteorologia; Excursionismo;  Apresentação de material técnico; camping (teoria e prática) ,Nós; Rapel; Técnicas de Escalada e aulas práticas de escalada.

O nosso CBM cumpre os requisitos necessários exigidos pela Federação de Esportes de Montanha do Estado do Rio de Janeiro – FEMERJ, encontrando-se atualmente em fase de homologação pela referida Entidade.

 

Programação:

O CBM consiste em 28 aulas (sendo 10 teóricas e 18 práticas). Sendo que as aulas teóricas ocorrem nas segundas e quintas feira na sede do CNM ou de forma on line e as aulas práticas ocorrem em finais de semana.

Cada Turma terá um calendário pré-estabelecido, mas suas datas podem ser alteradas em função da previsão do tempo ou de algum contratempo não previsto ou se previamente combinado com todos os participantes.

Na maioria das vezes as aulas práticas ocorrem em Niterói, porém, algumas delas podem ocorrer no Rio de Janeiro ou na região serrana fluminense.

 

Custo

O curso tem um custo de R$ 1300,00 a vista ou pode ser parcelado em até 12 vezes com juros pelo PagSeguros.

A confirmação da reserva da sua vaga será feita mediante o pagamento do curso no site. Mas se por um acaso, você tenha feito o pagamento da reserva e o curso não ocorra, devolveremos imediatamente o que foi pago.

 

Vagas

Cada turma terá um mínimo de 6 e máximo de 10 alunos

 

Pacote

Ao se inscrever no curso, além das aulas, o aluno terá direito a:

1 – Uma semestralidade de associado do CNM;

2 – Uma camisa do CNM;

3 – Material didático;

4 – Empréstimo de Kit básico para as aulas de escalada (Capacete, cadeirinha, mosquetões, cordeletes, fitas e freio atc) – Exceto Sapatilha. OBS: O aluno deverá adquirir sapatilha antes do início das aulas práticas de escalada. No decorrer do curso serão prestadas orientações a respeito da sapatilha.

Obs: Equipamentos de camping (barraca, saco de dormir, isolante térmico etc,..) e caminhada não são fornecidos pelo CNM.

 

Pré-requisitos

Qualquer pessoa que esteja apto para a prática de esportes, possuindo atestado médico neste sentido, está habilitada para fazer o curso, lembrando que não é necessário ser membro do clube para participar.

A idade mínima para participar do curso é 18 anos.

Quanto ao material, nós iremos informar o que é necessário na primeira aula.

 

Para realizar sua inscrição no CBM:

1 – Ler a ficha de inscrição disponível no link abaixo. Esta ficha funciona como o contrato do curso e tem informações importantes;

2 – Após ler e concordar com os termos apresentados na ficha de inscrição : Fazer a compra do curso  (Clique aqui para acessar o curso na loja);

3 – Inscrever-se no site do clube (ícone no canto superior direito da tela “inscreva-se”);

4 – Enviar email para cnm@niteroiense.org.br informando que realizou a compra do curso e já se inscreveu no site, bem como enviar cópia digitalizada da  Ficha de Inscrição do CBM e do Termo de Responsabilidade de Riscos devidamente preenchidos e assinados. Estes documentos estão disponíveis nos links abaixo e suas vias originais deverão ser entregues em conjunto com o atestado médico na primeira aula do CBM.

Ficha de Inscrição do CBM

Termo de Responsabilidade de Risco CNM

Próxima Turma

A próxima turma tem início no dia 05 de setembro de 2022, com previsão de término em dezembro de 2022.

 

Horário das Aulas

As aulas teóricas serão realizadas na sede do CNM no horário de 19:30 às 21:45. Quanto as aulas práticas os horários das aulas irão variar de acordo com a atividade do dia, podendo durar meio dia ou o dia inteiro (a previsão é que a maioria das aulas durem de 7:30 às 15:00 horas). Obs: Haverá um pernoite quando da realização das aulas de camping.

 

Política de Cancelamento

1- No cancelamento até 15 dias antes do início das aulas será devolvido o valor de 100% do valor do curso.

2- No cancelamento compreendido no período de 14 dias até o início das aulas somente será devolvido 80% do valor do curso.

3- No cancelamento realizado após o início do curso será devolvido 70% do valor do curso, abatendo-se destes 70% o valor de R$70,00 (setenta reais) por aula ministrada até o dia da solicitação do cancelamento, não importando nesse caso se o aluno tenha efetivamente comparecido ou não as aulas haja vista que estas estavam a sua disposição.

4- Eventual pedido de cancelamento deverá ser encaminhado por email para cnm@niteroiense.org.br

Cronograma das aulas do CBM que terá início em 05/09/2022.

Obs: Os locais das aulas teóricas serão na sede do CNM e o local das práticas ainda serão definidos.

Dia Semana Aula
05/09/2022 Segunda Aula teórica 1: Apresentação do clube, Introdução ao montanhismo, Ética e Mínimo Impacto
08/09/2022 Quinta Aula teórica 2: Materiais e Equipamentos de caminhada
10/09/2022 Sábado Aula prática 1: Manejo de trilhas
11/09/2022 Domingo Eventual reposição
12/09/2022 Segunda Aula teórica 3: Técnicas de caminhada
15/09/2022 Quinta Aula teórica 4: Orientação em trilhas
17/09/2022 Sábado Aula prática 2: Orientação em trilhas
18/09/2022 Domingo Eventual reposição
19/09/2022 Segunda Aula teórica 5: Técnicas de acampamento e bivaque
22/09/2022 Quinta Aula teórica 6: Nutrição para atividades de montanhismo
24/09/2022 Sábado Aula prática 3: Aula de acampamento
25/09/2022 Domingo Aula prática 4: Trilha longa
26/09/2022 Segunda Aula teórica 7: Animais peçonhentos
29/09/2022 Quinta Aula teórica 8: Meteorologia
01/10/2022 Sábado Eventual reposição
02/10/2022 Domingo Eleição
03/10/2022 Segunda Aula teórica 9: Prevenção de acidentes
06/10/2022 Quinta Aula teórica 10: Técnicas de escalada
08/10/2022 Sábado Aula prática 5: Materiais, top-rope e nós
09/10/2022 Domingo Eventual reposição
12/10/2022 Quarta Aula prática 6: Rapel, top-rope com treino de quedas e nós
15/10/2022 Sábado Aula prática 7: Camping
16/10/2022 Domingo Aula prática 7: Camping
17/10/2022 Segunda Revisão de Procedimentos e Nós
22/10/2022 Sábado Aula prática 8: Top-rope demonstrando guiada / comunicação e nós
23/10/2022 Domingo Aula prática 9: Ascensão e nós
29/10/2022 Sábado Aula prática 10: Chaminé, artificial e nós
30/10/2022 Domingo Eleição
31/10/2022 Segunda Avaliação Prática de Nós
05/11/2022 Sábado Aula prática 11: Escalada 1 – via sem rapel
06/11/2022 Domingo Aula prática 11: Escalada 1 – via sem rapel
07/11/2022 Segunda Revisão de Procedimentos e Nós
12/11/2022 Sábado Aula prática 12: Escalada 2 – via com rapel
13/11/2022 Domingo Aula prática 12: Escalada 2 – via com rapel
19/11/2022 Sábado Aula prática 13: Escalada 3 – via longa
20/11/2022 Domingo Aula prática 13: Escalada 3 – via longa
26/11/2022 Sábado Aula bônus: Boulder
27/11/2022 Domingo Eventual reposição
03/12/2022 Sábado Eventual reposição

RIFA CNM

❗Alô, pessoal!❗

Pra quem não sabe ainda, o CNM criou recentemente um Grupo de Trabalho para a Manutenção de Vias em Niterói. 🛠️ Para isso, queremos adquirir uma furadeira 🔫 para o clube, e estamos fazendo uma rifa para arrecadarmos o valor.

O prêmio para o sortudo ou sortuda que for sorteado(a) será essa linda mochila da foto de 30L da Nautika nas cores azul e cinza.

Cada número está ao custo de R$10,00.

E aí? Bora ajudar o clube, colaborar para a manutenção das vias em Niterói e de quebra ainda concorrer a essa mochila lindíssima?

A data do sorteio será divulgada assim que tivermos todos os números vendidos.

Você pode adquirir números da rifa presencialmente às segundas-feiras na nossa sede, nas nossas reuniões sociais, ou entrar em contato com algum integrante da diretoria do clube.

Também estaremos presentes na ATM da Urca no próximo fim de semana, dias 21 e 22 de maio. Procure o stand do CNM!

Aproveita e divulga também para seus amigos e familiares.

O CNM somos todos nós! 😉

GT Manutenção de Vias

O Grupo de Trabalho Manutenção de Vias visa atualizar o panorama de segurança para escalada em top rope na Praça Paulo de Tarso Montenegro, também conhecida como Pracinha de Itacoatiara, duplicando os pontos de ancoragem para as vias que apresentarem essa característica e necessidade. Assim como de qualquer via na cidade de Niterói que necessite intervenção.

Aos sócios interessados em participar do GT, entrar em contato com Leandro do Carmo ou Eny Hertz