Travessia da Neblina + Mirante do Inferno + São Pedro

18km ida e volta a partir da barragem + 2km dos trechos ida e volta ao estacionamento, 1267 de ganho de elevação, 13kg nas costas, 2 trechos de escalada e 1 de costão. Paisagens sensacionais, amigos e muita ralação. Excelente dia!

Iniciamos na barragem às 7h27,
pegamos a trilha para o Nariz do Frade/Verruga do Frade na altura do antigo abrigo 2, subindo pelo Paredão Roy-Roy. Atingimos base do Nariz do Frade/Verruga e subimos o costão para o Queixo do Frade, e rumamos para o Morro da Cruz. Visuais alucinantes, pedras, nuvens, florestas, subida forte e encantamento.

Cruzamos o Vale da Orquídeas até a base do Mirante do Inferno. Vista sensacional da Agulha do Diabo, a mais bela. Tomamos uma pequena trilha para direita em direção ao contraforte do Morro de São Pedro e fizemos um trecho de aproximadamente 80 metros de escalada, que dividimos em 3 esticões, por estarmos em duas cordadas triplas. Vendo de cima o mirante do Inferno e a Agulha de lado, seguimos para o cume do Morro de São Pedro por uma trilha muito fechada, quase um vara mato.

Chegamos no São Pedro nos últimos minutos de claridade, vendo a Agulha de cima. Seguimos para o Abrigo 4, passando pela Pedra Baleia. Descemos até a Cota 2000 e passando ao lado do Morro da Cruz, pelo Paredão Paraguaio, com raios iluminando o céu. Tomamos um pouco de chuva a partir do zig-zag após a Cachoeira do Papel e chegamos de volta à barragem entre 22h05 e 22h20. Praticamente 15h de atividade, com muita paradas para contemplação e descanso. Grande dia!
#clubecnm

Comentários