Primeiro dia do Tour du Mont Blanc

Eu não tive acesso à internet ontem, só agora. Hoje foi nosso segundo dia. Mais longo do que normalmente se faz, por dificuldades que tive nas reservas nos.abrigos, mas foi sensacional. O trecho que fizemos hoje cobriu quase dois dias do roteiro clássico do Tour, foi sensacional. Amanhã farei o relato do dia 2.

Segue o relato so 1o dia:
Alvorecer no 1o dia do nosso Tour du Mont Blanc

Após a chegada em Chamonix com as nuvens cobrindo algumas montanhas, no dia 14 de julho amanhecemos com céu limpo. Vista surpreendente das montanhas nevadas e promessa de um belo domingo de sol.

O plano foi começarmos o Tour em Les Contamines Montjoie, em vez de Les Hoches, para podermos ficar no Refúgio de La Croix de Bonhomme, do Clube Alpino Francês . 14 de julho era única data possível para nós.

Assim, tomamos um trem de Chamonix, às 7h15, para Saint Gervais-Le Fayet e de lá um ônibus para Les Contamines.

Dia 1 Tour du Mont Blanc

Caminhamos pela vila de Les Contamines até a Capela de Notre Dame de La Gorge. Ao sair do asfalto, entramos em uma trilha larga e plana em meio a um parque, gastando 38 min até a Capela.

Ali encontramos uma sinalização de 4h até o Col de Bonhomme e de 4h50 até o Refúgio.

Saímos de La Gorge às 10h12 e chegamos no Col du Bonhomme às 13h38, com muitas paradas para fotos e um lanche, em La Balme, de 11h33 às 11h50, Lá encontramos uma estação com banheiro público e água potável, 50m metros antes do abrigo de La Balme. Um bom exemplo de estrutura de apoio para uma trilha de alta frequência. Este foi o último ponto de água até o refúgio.

Paramos para almoçar e apreciar a bela “visage” do Col.
Saímos de lá às 14h20 e chegamos no refúgio de La Croix du Bonhomme às 15h05, parando outras tantas vezes para fotos.

Gastamos no total 4h53, incluíndo todas as nossas paradas.

O tempo de caminhada da Capela de Notre Dame de La Gorge até o Refúgio foi de 3h52, mesmo com as muitas paradas para fotos.

Iniciamos ao 1030mts de altitude na vila de Les Contamines, atingindo 2329 mts no Col do Bonhomme e finalizando a 2479 mts no Col de La Croix du Bonhomme, e o refúgio a 2443mts.

Toda a sinalização se refere à tempo de caminhada e não a distância, mas caminhamos em torno de 14km.

O destaque do dia foi encontrarmos neve em alguns trechos, sendo um deles longo e logo abaixo do Col du Bonhomme, quase um “micro glaciar”, e também no próprio Col.

Por fim, tive a forte impressão de que este setor do Tour du Mont Blanc se assemelha à Trilha do Açu, no PNSO, na época da antiga Isabeloca, porém mais longo e com algumas partes de pouca inclinação intermediando as subidas.

A subida final para o Col do Bonhomme é bem parecida com a antiga Isabeloca até no estado de degradação de algumas partes. Há também um caminho quase reto, usado nas descidas.

Já o trecho do Col du Bonhomme para o refúgio tem o jeito do Chapadão: sobe, desce, sobe, desce, anda e anda, até subir para o mirante do Col de La Croix du Bonhomme e descer para o abrigo.

 

Comentários